Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 9 de março de 2010

MARIA JOSÉ ALVES GOMES PEREIRA

   Maria José Alves Gomes Pereira ,  normalista  e educadora, nasceu em Gouveia, a 08 de agosto de 1913. Eram seus pais o senhor Augusto Alves Taioba   fundador da  Pharmácia   Auxiliadora e da senhora  Engracia 
da Anunciação Ribas.
   D. Zezé, como era chamada por todos, estudou no colégio Nossa Senhora Das Dores em Diamantina, tornando-se uma exelente professora, dedicou grande parte de sua vida à educação dos jovens gouveianos.
   Exerceu também o cargo de diretora da Escola Aurélio Pires por seis anos de 1954 a 1960 quando já saiu para se aposentar.
   Como diretora da Escola Aurélio Pires é lembrada por sua grande bondade, ela criou a merenda na escola que mandava fazer em sua casa para depois trazer e repartir com os alunos carentes da escola, naquela época a escola não tinha verbas nem uma cantina para isto.
   D. Zezé criou também o uniforme para os alunos da escola, uniforme este que conseguiu com a doação de tecidos da fábrica São Roberto uma camisa de americano alvejada com uma saia azul para as meninas e bermudas para os meninos.
   A organização de D.Zezé ficou na história da escola Aurélio Pires, pois até hoje se encontra na escola livros com registros de teatros, músicas e poesias realizados  em festa escolares promovidos na sua época de direção.
   Diziam todos que ela tinha um "Coração de Ouro" nome esse dado devido aos grandes gestos de bondade praticados por ela ,
   D. Zezé era casada com o senhor Efigênio Gomes Pereira, eles se casaram em 30 de novembro de 1939, mais tarde ele se tornou o primeiro prefeito de Gouveia. Como primeira Dama do município, por três vezes, se destacou muito na assistência Social e sempre acompanhando os momentos difíceis e decisivos do esposo, prefeito Efigênio Gomes.
   Para tristeza de todos Maria José Alves Gomes Pereira morreu em um trágico acidente de automóvel em 1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário